Alimentos corretos para antes e depois do treino

Por mais que o exercício físico esteja em alta e ganhe cada vez mais praticantes, alguns mitos seguem fazendo a cabeça das pessoas. Muito ainda se fala sobre a nutrição esportiva correta para as atividades para o corpo. Engana-se, e muito, quem acredita que vai valorizar seu treino deixando de comer, tanto antes, quanto depois dele, por exemplo.

O corpo precisa dos nutrientes certos para garantir que o esforço feito com o exercício seja absorvido da melhor forma possível, é preciso ter energia para queimar as gorduras e toda a energia do nosso corpo vem dos alimentos e dos líquidos que ingerimos. Tendo dito isso, vamos a alguns exemplos dos alimentos preferidos dos esportistas e atletas e recomendados por nutricionistas para antes e depois do treino.

Antes do treino

Antes do treino, o ideal é consumir carboidratos, já que são os alimentos que trazem energia para o corpo mais rapidamente. Existem dois tipos de carboidratos: os complexos e os simples. Os carboidratos complexos proporcionam saciedade, o que faz deles ideais para quem vai fazer exercícios de resistência, como a corrida, por exemplo, já que assim o atleta se mantém sem fome por mais tempo.

Esses alimentos distribuem a energia ao corpo de forma mais gradual, rendendo um tempo maior de energia ao corpo. Neste grupo estão inclusos: arroz, pão, massas, fibras, batata, dentre outros. Já os carboidratos simples devem ser ingeridos em treinos regulares de academia de uma a duas horas antes de seu início, já que a energia obtida deles é imediata, porém não muito duradoura. Neste grupo estão: frutas, legumes, leite, mel, dentre outros.

Depois do treino

Após o treino os carboidratos ainda serão bem-vindos, agora combinados com proteínas, tudo para garantir um balanceamento anabólico. Neste caso, os carboidratos simples são os escolhidos, já que se espera uma absorção rápida do corpo de tudo que foi perdido com a atividade física, mas é claro, nada em excesso. Exemplos do que comer seriam pão integral com queijo branco e peito de peru, arroz integral com frango ou peixe grelhado e uma salada, frutas com aveia para sobremesa, refeições completas, porém de teor leve e saudável.

E a água?

Hidratar o corpo também é essencial. Após entender um pouco do que ingerir, é importante manter sua garrafinha de água sempre a postos. O consumo de água durante o treino é variável, mas o importante é ingerir 200 ml de água de vinte em vinte minutos, ou de meia em meia hora. Isso porque a água age em vários setores do corpo, ajudando no treinamento, seja regulando a temperatura corporal, seja aumentando a disposição, diminuindo a incidência de cãibras. O que se restringe neste caso é a ingestão contínua de água, isso pode ter efeito contrário e deixar seu corpo pesado, lento e desestruturar sua rotina de exercícios.

Dica

Se você já tem uma rotina alimentar que dá certo, não tente se aventurar em outros experimentos em dias de exercícios longos, competições e provas pesadas. Teste seu corpo e vá se adaptando ao que foi dito como melhor para a sua saúde e que você ainda não pratica.

Quer ler mais dicas de saúde e bem-estar? Então fique de olho no nosso blog!

Anúncios

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s