Nutrição hospitalar

A Nutrição é uma ciência que estuda a composição dos alimentos e seus benefícios para a saúde, as patologias humanas e os tratamentos baseados na alimentação. O nutricionista é o profissional da área da saúde formado em Nutrição, capacitado a estudar as necessidades nutricionais de indivíduos ou grupos, visando a segurança alimentar, prevenção, manutenção ou tratamento da saúde. É capaz de avaliar, interpretar e compreender os aspectos biológicos, sociais e culturais de um indivíduo ou população, a fim de garantir melhor qualidade de vida para todos.

Nutrição Hospitalar

No hospital, compete ao nutricionista fornecer assistência dietética e promover educação nutricional aos pacientes internados. É ele quem faz a triagem que pode identificar pacientes com perda de peso, redução do apetite, patologias e cuidados específicos com a alimentação. Cuida de todo o processo de produção de alimentos e solicitação de dietas, monitora o estado nutricional e garante o cuidado personalizado, sempre atuando com uma equipe multidisciplinar formada por médico, farmacêutico, enfermeiro, assistente social, e outros.

Pacientes hospitalizados necessitam de atenção especial em relação ao seu estado nutricional. É preciso haver equilíbrio entre a ingestão e a necessidade de nutrientes, levar em conta que o ele está em momento delicado e pouco ativo, embora o organismo esteja em processo de recuperação e, portanto, metabolicamente ativo. Nem todos os pacientes de um hospital apresentam inicialmente algum grau de desnutrição, mas durante a internação, esse quadro pode se instalar. É aí que entra a atuação do nutricionista.

O grande desafio desse profissional no ambiente hospitalar é incentivar o paciente a se alimentar adequadamente, fazendo com que ele entenda a importância da boa alimentação dentro do hospital e depois da alta, para que o tratamento se estenda para sua casa e reduza as chances de reinternação.

Ampla área de atuação do nutricionista hospitalar

O nutricionista pode trabalhar em parceria com a equipe multidisciplinar em todas as áreas existentes de um hospital. É muito comum acharem que a nutrição hospitalar se baseia somente na área clínica e de dietoterapia, e isso se deve muito à forma como é abordada essa área durante a graduação. O profissional pode ser solicitado para diversas outras áreas e pode atuar no gerenciamento do sistema, na qualidade de processos diversos, dar ênfase ao ensino e à educação continuada, identificar os pontos para controle sanitário frequente, se especializar em terapia nutricional e em muitos outros aspectos da profissão.

Enfermaria

São diversas enfermarias existem em um hospital: cardiovascular, Unidade de Terapia Intensiva, Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, pediatria, urologia, ginecologia, clínica médica, entre outras.

Setor de Hemodiálise

Pacientes em diálise ou hemodiálise necessitam de dieta e atenção especiais. O nutricionista é o profissional que atua junto com a equipe multidisciplinar a fim de garantir o sucesso do tratamento do paciente.

Ambulatórios/consultórios

Área da Nutrição Hospitalar na qual o paciente é atendido por uma consulta, avaliado nutricionalmente.

Banco de Leite Humano

Muitos hospitais brasileiros têm o Banco de Leite Humano, setor que recebe doações de leite materno e que servirão como alimento para os recém-nascidos impossibilitados de serem amamentados pela sua própria mãe. O leite materno é a melhor fonte de nutrientes que um bebê pode receber, evitando a inserção precoce de fórmulas lácteas.

Serviço de Nutrição e Dietética

Aqui o nutricionista cuida de todo o processo, desde a elaboração do cardápio, compra dos ingredientes, preparação, armazenamento e distribuição. Em muitos hospitais, o restaurante fornece a alimentação dos pacientes e funcionários.

Nutrição Parenteral e Enteral

O nutricionista que pretende se dedicar à essa área deverá fazer uma especialização. Dentro do hospital existe a comissão de nutrição parenteral e enteral composta por nutrólogo, nutricionista, farmacêutico e enfermeiro. A formação da comissão é uma obrigatoriedade recente, sendo assim, o número de nutricionistas que procuram a especialização na área tem crescido bastante.

Atendimento domiciliar

Pacientes que receberam alta, mas que ainda necessitam de cuidados, podem ser visitados por um nutricionista em casa. As orientações são feitas tanto para o paciente quanto para a família ou o cuidador.

Seja qual for a área do hospital em que pretende atuar, o nutricionista sempre deve lembrar que a ciência e a tecnologia renovam-se continuamente e isso exige frequente atualização dos conhecimentos. Participar de cursos, especializações e pós-graduação, de congressos, seminários e simpósios e desenvolve projetos de pesquisa e publicar trabalhos científicos são boas formas de se manter atualizado.

Gostou do post? Em qual área da nutrição você pensa em trabalhar? Compartilhe com a gente!

Anúncios

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s