Você sabe o que é Genômica Nutricional?

Ela é a mais nova área da Nutrição e vem despertando cada vez mais interesse entre os profissionais do meio. Que o Projeto Genoma Humano (PGH) foi um marco, gerando impacto em várias áreas do conhecimento, disso ninguém tem dúvida. No entanto, a Genômica Nutricional ainda é um território pouco visitado por muitos profissionais, ainda que a curiosidade dos pacientes sobre os testes nutrigenéticos disponíveis no mercado seja crescente.

De uma forma geral, a Genômica Nutricional estuda a forma como os nutrientes e os genes interagem e como se expressam para revelar resultados fenótipos, ou mesmo no resultado de diversas doenças. Os estudos da Genômica Nutricional abrangem as áreas de Nutrigenética, Nutrigenômica e Epigenômica Nutricional. Apesar de ainda em desenvolvimento, a Genômica Nutricional deverá se tornar essencial para a elaboração de planos alimentares totalmente personalizados, com base nos genótipos.

Com o sequenciamento do DNA humano, descobriu-se que o número de genes é bem menor do que se estimava, em torno de 25 mil. Entender como esses genes são afetados pelo meio ambiente, estresse, atividade física, poluição, medicamentos, tabagismo e, inclusive, pela dieta alimentar é o grande desafio que essa área tem pela frente.

Nutrigenômica

Na Nutrigenômica, os principais estudos referentes a pessoas obesas e com sobrepeso têm mostrado que a modificação nos padrões de alimentação afeta a expressão genética, com redução de expressão dos genes envolvidos com o metabolismo e com o fator de crescimento semelhante à insulina. Estes efeitos de intervenção alimentar têm sido aplicados com resultados promissores, ainda que por vezes conflitantes, a pacientes com outras condições clínicas, como os portadores de câncer.

O principal objetivo da Nutrigenômica é, portanto, estabelecer uma nutrição personalizada baseada no genótipo visando promover a saúde e reduzir o risco de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT). É um vasto campo que apenas começou a ser explorado.

Nutrigenética

Na Nutrigenética, as principais alterações estudadas são as SNPs, os polimorfismos de nucleotídeo único, considerados variações normais do DNA responsáveis por diferenças como  cor dos cabelos, dos olhos e do tipo sanguíneo. Alguns deles podem ter influência sobre o risco de desenvolvimento de certas doenças, das quais muitas podem estar associadas ao padrão alimentar individual.

É o caso do gene FTO (Fat Mass and Obesity Associated); estudos apontam que ele pode ser influenciado por fatores ambientais, como a redução de ingestão energética e a prática de exercícios físicos. O interessante é que, neste caso, fica bastante claro também que a vulnerabilidade genética à obesidade se expressa apenas quando exposta a fatores ambientais que permitem sua manifestação.

Epigenômica

A Epigenômica é o estudo das alterações genéticas na célula: fatores relacionados à alimentação são capazes de atuar através de mecanismos epigenéticos ao longo vida, estendendo-se por gerações. O Inverno Holandês da Fome (1944-1945) é o exemplo mais utilizado para ilustrar a questão. O estudo de indivíduos expostos à provação alimentar intrauterina neste período histórico mostrou sua maior suscetibilidade ao desenvolvimento de doenças crônicas como diabetes melito tipo 2, alguns tipos de câncer, esquizofrenia e hipercolesterolemia.

Os cuidados com os testes

É importante que o profissional de Nutrição fique a par dos avanços da área por tratar-se de uma das mais promissoras da atualidade. Deve, sim, procurar desenvolver habilidades básicas em genética e aprofundar seus conhecimentos, no entanto, é preciso compreender que, embora em ascensão, a Genômica Nutricional ainda não se encontra em posição de usar testes nutrigenéticos para fornecer aconselhamento nutricional na rotina da prática dietética.

A curiosidade do paciente e a ansiedade por respostas e soluções cada vez mais individualizadas é compreensível, porém, só o conhecimento avançado poderá dar mais segurança a uma área que só começa agora a dar os primeiros passos com firmeza.

Continue acessando nosso blog e fique por dentro das tendências da Nutrição.

Anúncios

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s