Como educar o paciente e ganhar das dietas da moda

Vida de nutricionista nem sempre é fácil: há que se lidar com vários tipos de paciente, inclusive aqueles que já chegam com tudo pronto e só querem mesmo um embasamento para fazer alguma dieta da moda. Estes, com certeza, são os mais difíceis; às vezes, basta que eles tenham lido uma notícia sobre os efeitos milagrosos que alguma celebridade conseguiu com a tal dieta para acharem que sabem tudo sobre nutrição – ou simplesmente se recusam a seguir aquele plano alimentar individualizado que você preparou exclusivamente para ele. Mas não é por isso que você vai desistir do paciente, muito pelo contrário. A ideia é justamente encarar o desafio de educar o indivíduo e ganhar das dietas da moda. Veja aqui algumas dicas de como conseguir isso e ainda fidelizar o paciente.

Mostre que não há validação científica

Procure mostrar ao paciente que aquela dieta não tem qualquer validação científica e que você, como profissional, está sempre antenada com tudo o que aparece tanto na internet quanto fora dela (e esteja mesmo). É o caso, por exemplo, da dieta do glúten: mostre que a substância só deve ser retirada da dieta se a pessoa for celíaca.

Divulgue as opiniões das entidades de saúde

As entidades de saúde reconhecidas internacionalmente periodicamente publicam seus pareceres sobre determinados tipos de dietas e consensos sobre os assuntos da moda em relação à perda de peso. Explique para o cliente a opinião dessas sociedades e as explique em linguagem leiga para que ele possa compreender com facilidade.

Dietas “reais” não tornam o paciente antissocial

Dietas da moda geralmente são muito restritivas para conseguir uma perda de peso significativa em pouco tempo, o que torna a pessoa antissocial – e, da mesma forma, o ganho de peso também é rápido, produzindo o famoso e temido efeito sanfona. As dietas “reais”, por outro lado, promovem um emagrecimento gradual baseado em uma reeducação alimentar que contemple todos os grupos alimentares, sendo mais demoradas, porém mais eficientes.

Cada tipo de paciente tem sua recomendação específica

Mostre também que cada tipo de pessoa – saudável, diabético, atleta, cardíaco, hipertenso, bariátrico etc. – tem sua recomendação de ingestão diária (RDI, do inglês Reference Daily Intake) de nutrientes para atender às exigências do organismo. O plano alimentar individualizado deve ser baseado nessas RDIs, o que não acontece com as dietas da moda, que são as mesmas para todos.

Estabeleça uma relação de confiança

Por mais que o indivíduo já chegue ao consultório querendo uma dieta específica, procure conversar com calma e paciência estabelecendo uma relação de confiança. Fale sobre sua experiência, mostre-se seguro sem ser arrogante, evite termos muito técnicos e explique tudo o que for necessário, sanando as dúvidas do paciente.

Comer bem e emagrecer é possível – e sem suplementos

Explique que é possível comer bem, de forma variada, e emagrecer, sem passar forme ou ter que tomar suplementos. Mesmo os atletas de academia só devem tomar suplemento depois que a alimentação estiver adequada, caso contrário a ingestão de suplementos pode não ter efeito, fazer o atleta engordar ou causar efeitos adversos graves, como sobrecarga renal e hepática ou desenvolvimento de alergias. Portanto, eles só devem entrar no plano alimentar se realmente houver necessidade.

Mostre como um diário alimentar pode ajudá-lo

Mais do que uma dieta altamente restritiva ou da moda, mostre como algumas ferramentas podem colaborar para o processo de emagrecimento, como um diário alimentar. Explique que fazendo uso dessa estratégia, ele terá mais controle sobre as suas refeições, principalmente se for um diário alimentar online compartilhado com você. Através dele, você tem acesso às informações que o paciente postar em tempo real, podendo solucionar dúvidas do cliente e prevenir equívocos na dieta.

Com essas dicas você conseguirá educar e guiar seu cliente para uma dieta saudável com muito mais facilidade, colaborando para sua adesão ao tratamento – sem passar fome nem sufoco.

Saiba mais sobre o diário alimentar e muitas outras funcionalidades do Dietbox! Experimente o aplicativo e veja como fidelizar seus pacientes!

Anúncios

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s