O atendimento nutricional antes e depois dos softwares de nutrição

Os softwares de saúde vieram para facilitar o trabalho de profissionais das mais diversas especialidades, estando presente desde o atendimento na recepção até as consultas com o especialista. No campo da Nutrição, a tecnologia ainda permite agilizar os vários cálculos para se chegar ao Plano Alimentar elaborado especialmente para o perfil de cada paciente. Ou seja, além de facilitar o agendamento de consultas, reunir o histórico do paciente e compilar todos os exames laboratoriais já realizados, o software de nutrição ainda realiza cálculos, como o energético, as avaliações físicas e o plano alimentar do paciente, incluindo a lista de substituição de ingredientes.

Abaixo, mostramos como algumas questões eram gerenciadas pelo nutricionista antes da chegada dos softwares de nutrição e como as mesmas tarefas são administradas agora com a utilização das plataformas de nutrição. Confira!

Plano Alimentar

Antes: feito manualmente, a dieta personalizada demorava para ficar pronta. Além disso, quando em posse do papel com o esquema alimentar, o cliente podia perder ou danificar acidentalmente o esquema de alimentação proposto.

Depois: por ser feito diretamente na plataforma nutricional, o plano alimentar é compartilhado com o paciente de forma muito rápida, no mesmo dia da consulta. Tudo isso graças à integração de dados, que permite a elaboração inteligente e rápida do plano, da sugestão de cardápio e das possíveis trocas na tabela de substituições.

Ajustes no Plano alimentar / Lista de substituição

Antes: para que fossem realizados ajustes no plano alimentar, como os feitos na lista de substituição, era necessário esperar pela próxima consulta. Dessa forma, se o paciente solicitasse a troca de um alimento por outro mais palatável ou devido a questões médicas recém descobertas – como o surgimento de hipertensão ou intolerância alimentar, por exemplo –, o paciente precisaria esperar cerca de um mês.

Depois: a plataforma nutricional trouxe grandes avanços. Através dela, o sistema cruza os dados do paciente com os alimentos que mais atendam suas necessidades, sem a necessidade de rever todo o histórico do paciente na ficha de atendimento.

Armazenamento dos planos nutricionais

Antes: os dados dos pacientes eram armazenados no computador, o que demandava um espaço muito grande no disco rígido ou em HDs externos. Esse método frequentemente causava perda dos dados dos pacientes e atrasava as consultas.

Depois: o sistema do software de nutrição é seguro, com backup dos dados dos pacientes, e a capacidade de armazenamento de dados é alta. Além disso, é possível armazenar todos os planos alimentares dos pacientes e as mudanças ao longo do tratamento.

Cálculo do gasto energético

Antes: para realizar o cálculo do gasto energético total (GET), era necessário realizar a fórmula equacional munido de calculadora e papel ou planilha para anotar os dados manualmente.

Depois: os softwares para nutricionistas fazem todos os cálculos assim que os valores são inseridos no sistema. Pronto! Basta observar os resultados para definir o valor calórico da dieta e a distribuição de nutrientes energéticos.

Antropometria / Avaliação física

Antes: anotar todos os dados físicos do paciente (peso, altura, etc.) em uma ficha de papel ou em um programa como o Excel demandava tempo tanto para fazer as anotações quanto para realizar os cálculos e definir o plano alimentar do paciente.

Depois: após transferir os dados do paciente para o software de nutrição, bastam alguns comandos para que o sistema faça os cálculos sozinho e forneça comparações da evolução do paciente com tabelas e gráficos, agilizando e otimizando exponencialmente o atendimento nutricional no consultório.

Exames laboratoriais

Antes: manter o resultado de todos os exames solicitados e todas as receitas prescritas aos pacientes no disco rígido do computador demandava um grande espaço. Além disso, era impossível cruzar (automaticamente) os dados dos exames com o tratamento prescrito.

Depois: possibilidade de manter todos os exames solicitados em um único lugar, permitindo uma consulta ao histórico de exames muito mais rápida. A viabilidade de colocar as receitas e os resultados dos exames na nuvem, permite ao nutricionista criar um histórico clínico que auxilia o profissional a agilizar o atendimento nas próximas consultas.

 

Viu como usar um software de nutrição torna o trabalho do nutricionista e o atendimento ao paciente muito mais fácil e eficaz? Para aprender mais, sugerimos a leitura de um artigo complementar a esse: Programas de nutrição online vs off-line: diferenças essenciais.

Anúncios

Um comentário sobre “O atendimento nutricional antes e depois dos softwares de nutrição

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s