Como a tecnologia ajuda a manter o tratamento nutricional nas férias escolares

O tratamento nutricional de crianças exige sempre muita criatividade por parte do profissional para procurar engajá-la na dieta, afinal, os pequenos são famosos pelas artimanhas apelativas para fazerem – e comerem – o que querem e na hora que querem. Comportamento, aliás, que costuma enredar os pais de tal forma que é quase impossível dizer não em alguns momentos. Por isso, o suporte deve ser ainda mais especial durante as férias escolares, quando a garotada  quer saber mesmo de fazer o que quer, livre da escola. Mas você já pensou que a tecnologia pode ser uma grande aliada também nesses momentos? Em uma época em que os baixinhos praticamente já nascem com o tablet nas mãoso software pode ser especialmente atraente para a garotada. Veja por quê! 

Aplicativo, um grande aliado do atendimento infantil nas férias escolares

De acordo com dados do IBGE, uma a cada três crianças está acima do peso no Brasil, um problema sério que pode acarretar problemas ainda maiores no futuro. Além das questões de baixo autoestima e de bullying na escola, aumentam muito os riscos de várias doenças ainda na infância, como colesterol alto, hipertensão e até mesmo doenças cardíacas. Nas férias escolares, o intervalo entre as consultas costuma ser maior, já que a maioria das famílias aproveita o período para viajar e passar mais tempo junta, e é justamente quando mais cuidados se deve ter à manutenção do tratamento dos pequenos. 

Além disso, a garotada quer aproveitar as férias para brincar e fazer tudo o que não pode durante o ano inteiro – inclusive comer mais bobagens. E vamos ser sinceros, a tentação é grande vendo outras crianças se entupirem de hambúrgueres, pizzas e sorvetes. A ideia, então, é usar o celular para agregar valor às dietas, mostrando como o aplicativo, que acompanha o software de nutrição, pode se tornar bastante atraente também durante os dias de lazer.

Para as crianças:

Crie pequenos desafios  Transforme o aplicativo em uma verdadeira brincadeira, criando pequenos desafios, como encontrar as comidas mais saudáveis em cada restaurante que visitar, experimentar e fotografar pratos novos que atendam às especificações do , encontrar novos ingredientes que talvez o próprio nutricionista não conheça e descobrir a quantidade de calorias de cada um deles, por exemplo.

Descrição do que mais gostou – Para incentivá-los a manter o diário alimentar, peça que fotografem e descrevam o que mais gostaram e por que gostaram em cada refeição  pode ser um lanche, café da manhã, almoço ou jantar.

Faça um concurso de fotos – Peça para tirarem fotos das refeições, e a mais bonita ganhará algum tipo de prêmio na próxima consulta, mas só vale pratos elaborados a partir do cardápio original ou presente na lista de substituição. O que sair da dieta não estará valendo.

Para os pais:

Garanta a participação de todos Prepare cardápios alternativos para toda a família. Pode ser um lanche de fim de tarde ou um almoço de domingomas que ajude criança a não se sentir isolada em sua dieta. Peça que compartilhe no aplicativo com fotos e detalhes de qualquer alteração que porventura seja feita.

Inclua os amiguinhos –  ideia de lanches saudáveis que todas as crianças gostam para que a criança em tratamento e os amiguinhos façam todos a mesma refeição. Para isso, ajude os pais no supermercado, compartilhando receitas e lista de snaks e lanchinhos saudáveis para a garotada reunida. Tire vida sobre rótulos através do chat.

Crie adaptações de última hora – A família está viajando e lá não encontra determinados produtos? Pesquise o local da viagem e quais os ingredientes locais que podem substituir os originais da lista. Faça adaptações em tempo real de acordo com o passeio da criança.

Alertas não deixam a família esquecer o horário das refeições

Fazer as refeições no horário correto é essencial para o sucesso do tratamento, mas a verdade é que nas férias ninguém quer ter horário para nada. No entanto, lembre aos pais que este aspecto é muito importante para o sucesso do plano alimentar, e que eles podem se programar através dos alertas do aplicativo para encaixar a programação da melhor forma possível no cronograma da dieta. Assim, pelo menos, não há o risco de haver um esquecimento da hora das refeições.

Ao incentivar o uso do aplicativo para smartphone do software de nutrição nas férias, o tratamento infantil será potencializado de forma natural e espontânea, podendo se tornar até uma brincadeira a mais para a garotada.

Quer conhecer mais as ferramentas de um bom software de nutrição? Então conheça o melhor que há no mercado, o Dietbox. Peça uma demonstração gratuita e otimize suas consultas!

Anúncios

Um comentário sobre “Como a tecnologia ajuda a manter o tratamento nutricional nas férias escolares

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s