Você sabe o quanto de açúcar você come?

Os carboidratos de uma forma geral estão sendo tratados como os vilões do momento. A dieta low carb está na moda, e para os adeptos dessa prática, o açúcar é o principal inimigo. De fato, os açucares branco cristal e o refinado são os piores ingredientes da alimentação moderna. Isso porque eles praticamente não fornecem nutrientes e podem danificar o seu metabolismo ao  longo do tempo. Consumir açúcar em excesso pode elevar o peso e levar o indivíduo a desenvolver varias doenças como obesidade, diabetes tipo 2 e até problemas cardiovasculares.

Mas o que pouca gente sabe é que existe distinção entre o açúcar adicionado aos alimentos e o açúcar que está naturalmente presente em frutas e legumes, por exemplo. Diferente dos produtos industrializados, esses alimentos naturais contém além do açúcar, fibras, água e vários micronutrientes em sua composição que trazem benefícios a saúde quando consumidos de forma moderada.

Quando o assunto é o grupo dos industrializados, é preciso ficar atento aos rótulos, pois é comum encontrar nomes como sacarose, maltodextrina, dextrose e frutose na lista de ingredientes de alimentos que são vendidos como “livres de açúcar”. Por não serem nomes comuns, a industria se beneficia da ingenuidade do consumidor que acaba comprando algo que ele acredita ser mais saudável e que trará beneficio a sua saúde.

De acordo com a Associação Americana do Coração (American Heart Association ou AHA, na sigla em inglês), a quantidade máxima de açúcares adicionados que você pode comer em um dia é:

Homens: 150 calorias por dia (37,5 gramas ou 9 colheres de chá).

Mulheres: 100 calorias por dia (25 gramas ou 6 colheres de chá).

Ou seja, é preciso evitar ao máximo produtos industrializados. Fazer o próprio alimento e aproveitar o açúcar natural já presente nas frutas e verduras é a melhor opção. Quando necessário, adicionar o mínimo possível de açúcar ao que vai comer e, quando o fizer, preferir açúcares na sua forma mais natural, como o açúcar mascavo e o demerara. Evite açúcares refinados.

 

Bárbara Paixão de Gois - CRN/1 nº 10814-P
Nutricionista na Clínica Miguel Ávila 
Anúncios

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s