A importância do ômega 3

O ômega 3 é uma junção de duas gorduras essenciais para o organismo: o EPA (que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e circulatórias) e o DHA (fundamental para o cérebro). O ômega 3 (principalmente devido ao DHA), ajuda na memória, concentração, ajuda a previnir Alzheimer e no combate à depressão. 

Que ômega 3 é maravilhoso já sabemos ne?

Ele por muito tempo foi estudado para doenças do coração e gravidas, mas em uma nova abordagem se descobriu um novo suplemento para combater essa doença que acomete muitas pessoas hoje. De acordo com a pesquisa realizada e publicada na revista Jama Network, o consumo de ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 durante um tempo determinado contribuiu para amenizar o impacto das manifestações clínicas do distúrbio. Ele seria capaz de aumentar a dopamina no cérebro o que diminui a sensação de ansiedade e medo.As pesquisas sobre o papel do ômega 3 na ansiedade aumentaram depois que pesquisadores descobriram que pacientes com esse tipo de distúrbio, apresentavam baixos níveis do ácido graxo no sangue.Evidências sugerem que a ômega 3 interfere no controle de vários processos cerebrais como a regulação de neurotransmissores, neuro-plasticidade e inflamação. Sendo a inflamação cerebral o mecanismo proposto para justificar ansiedade e até mesmo depressão. Portanto, uma dieta balanceada e rica em ômega 3 pode ser a chave para a redução do impacto da doença.

 

Referências

MARTINS, M.B.; et al. Propriedades dos ácidos graxos poliinsaturados – Omega 3 obtidos de óleo de peixe e óleo de linhaça. Rev Inst Ciênc Saúde; vol. 26, n.2, p.153- 156, 2008.11. Casanova MA, Medeiros F, Trindade M, Cohen C, Oigmar W, Neves MF. Omega-3 fatty acids supplementation improves endothelial fuction and arterial stiffness in hypertensive patients with hypertriglycerudemia and high cardiovascular risk. JASH 2017; 11(1): 10-19.
31. McNamara RK. Role of omega-3 fatty acids in the etiology, treatment, and prevention of depression: current status and future directions. J Nutr Intermed Metab 2016; 5:96-106. 

 

Yara Meireles

 

*O texto é de inteira responsabilidade do(a) autor(a) e não reflete a opinião da empresa. O blog é aberto caso outro(a) profissional queira escrever um contraponto.

Leave a Reply