“Acabei a Faculdade! E agora??”

Esta talvez seja a grande pregunta a ser respondida por todos os profissionais recém-formados.
Imagine para o Nutricionista que tem a sua disposição uma grande variedade de serviços a serem realizados.
Se a sua resposta for: “Vou montar meu próprio consultório e trabalhar com Atendimento Nutricional!”, existem algumas coisas que você necessita saber, dentre elas, talvez, a mais importante é que você, com certeza, domina a área técnico-científica em questão, mas, talvez ainda não tenha uma visão empreendedora do negócio. Isso faz com que, muitas vezes, profissionais competentíssimos não alcancem o sucesso que merecem.
E por onde começar?
Fique calmo! Ninguém nasce sabendo.
O importante é que você saiba que, para cada atitude que queira tomar, será necessário que você PESQUISE a melhor maneira de executá-la.
Também é preciso que você saiba que, por mais que confie no seu trabalho, isso não pode ser vendido como “verdade absoluta”, portanto, estabeleça um método de trabalho como referência e se DISCIPLINE.
Isso mesmo: DISCIPLINA!!! Não aquela disciplina do Exército ou aquela a que seus pais te submeteram. Disciplina, aqui, deve ser vista como a capacidade de seguir um método para diminuir os esforços na obtenção dos resultados.
A primeira informação que devemos ter é QUEM IRÁ CONSUMIR ESTE SERVIÇO? Identificar o nicho de atendimento será muito útil no sucesso do seu consultório pois te ajudará a identificar o grau de exigência desses consumidores.
Com o treinamento de sua Recepcionista, você poderá identificar o tipo de percepção de qualidade que este cliente tem, que pode ser, entre outros, a pontualidade e cordialidade no atendimento; a limpeza do local; a disponibilidade de horários; a facilidade de acesso; a presença de uma sala de espera agradável; o fornecimento de relatórios estatísticos com a evolução dos resultados, enfim, não somente a Titularização do profissional em questão.
Outra informação de grande valia é a respeito da concorrência. Quais as condições de pagamento e parcelamento meu concorrente está praticando? Oferecem algum tipo de desconto? Quais os procedimentos utilizados por eles (Bioimpedância, Inovações tecnológicas)?
Mais uma vez, sua Recepcionista pode ser o diferencial nesse processo pois ela tem acesso às conversas dos clientes/pacientes enquanto esperam pela consulta.Dessa maneira, pode auxiliá-lo com informações obtidas com os comentários feitos na sua sala de espera que dificilmente o cliente diria, espontaneamente, para você. Quando tudo parece igual na percepção do cliente, você VENDE UM SERVIÇO e, quem paga por este serviço, sempre discutirá a questão do PREÇO.
Tente, também, identificar o que a concorrência “faz melhor que você”, sempre colocando o seu CLIENTE/PACIENTE em primeiro plano. Ter plena consciência do que desempenho bem ou mal, servirá para que possa fortalecer aquilo em que sou bom e melhorar aquilo que pode ser uma ameaça ao meu sucesso profissional.
Identifique oportunidades e as incentive. Se lembre de agradecer às indicações de terceiros; realize visitas à profissionais que poderão encaminhar seus futuros clientes; demonstre preocupação e zelo com o seu CLIENTE/PACIENTE.
Entenda que INFORMAÇÃO é coisa séria! Aplique um questionário enquanto seu CLIENTE/PACIENTE está na recepção, buscando por informações do tipo, quem indicou o serviço; como ficou sabendo do serviço prestado pelo profissional; informações acerca do atendimento (da Recepcionista e do Profissional) e soluções que possam ser aplicadas para que o serviço se torne cada vez melhor.
De posse destas informações, agora é com você!!!
Não tenha medo de trabalhar! Se capacite! Entenda que o melhor a ser feito refletirá no retorno que você espera!
E tenha SUCESSO! Muito SUCESSO!!!
Alexandre Marcos de Castro Salles
NUTRICIONISTA CLÍNICO / NUTRICIONISTA ESPORTIVO
Facebook – Alexandre Salles
Instagram – @drnutry

Deixe uma resposta