Quanto o álcool pode prejudicar o emagrecimento?

Muito se sabe a respeito dos prejuízos atribuídos ao consumo excessivo de bebida alcoólica. Em um exemplo clássico para nós nutricionistas, quantos nutrientes sofrem prejuízos em sua absorção devido ao abuso do álcool? Muitos.

Desenvolvimento de diversos tipos de doenças, inclusive diversos transtornos mentais que podem se agravar ou que o álcool colabora no seu desenvolvimento. Na parte que me cabe com relação a nutrição esportiva, a notável queda de desempenho que ele pode proporcionar com diminuições nas taxas de síntese de glicogênio, prejudicando a hidratação principalmente com o consumo após o exercício, também demonstrando prejuízo na síntese de proteínas diminuindo a resposta de ganho de massa muscular e até mesmo com prejuízos no sono, ou seja de maneira geral prejudicando a performance esportiva.

Um dos problemas de vários trabalhos que averiguaram isso é que normalmente é projetada de forma a imitar episódios compulsivos. Trabalhos com 1g de álcool por kg de peso corporal, o que significaria em média 4 litros de cerveja por exemplo, e isso é bastante coisa, concordam? (Concordam não é. Não me assustem).

E quando vamos falar sobre emagrecimento e ingestão de bebidas alcoólicas, muitas são as verdades e muitos são os mitos que os cercam. Partimos normalmente de um princípio básico que regula o emagrecimento, que são as calorias.

Sabemos que o álcool possui cerca de 7 kcal por grama, o que torna em grande parte bebidas alcoólicas bem calóricas. O que faz muitos nutricionistas inclusive afirmarem que é indispensável num planejamento alimentar excluir o álcool. Mas até que ponto será que isso faz sentido? Será que não seria possível trabalhar com o consumo moderado de álcool em uma dieta para perda de peso?

Parece que um artigo foi bem ‘’pioneiro’’ neste sentido. Os pesquisadores espanhóis alegam que ainda não houve outro artigo que avaliasse o consumo moderado de álcool e ainda associado com treinamento de alta intensidade dentro do emagrecimento.

A hipótese dos autores é que o consumo mesmo moderado poderia atenuar os efeitos do exercício físico com relação principalmente a composição corporal. Para isso, foram avaliados 72 adultos saudáveis e eles mesmos escolheram se preferiam ser incluídos em um grupo que ingeria de segunda a sexta-feira uma bebida com 5,4% de teor alcoólico ou uma bebida sem álcool. 

Os homens ingeriram 330 ml dessa bebida no almoço e 330 ml no jantar. As mulheres ingeriram 330 ml no jantar. Os participantes que escolheram o álcool foram alocados aleatoriamente na cerveja (T-Beer) ou na água com gás com adição de etanol de vodca (T-Ethanol). Aqueles que escolheram não álcool foram alocados aleatoriamente na cerveja sem álcool (T-0,0Beer) ou na água com gás (T-Water). Cada grupo foi composto por 8 homens e 8 mulheres.

Não esqueçam que durante as 10 semanas de avaliação os participantes foram submetidos a cerca de 1 hora de exercício intenso por semana, e nos resultados do estudo se pode observar que o consumo moderado de álcool não apresentou prejuízos no desfecho de composição corporal.

Fim do assunto? Claro que não. Precisamos entender que este é um trabalho isolado e que precisamos de mais informação de quanto é possível beber, o que é melhor beber, etc.

Já temos algumas pistas que o abuso de álcool está associado com diminuição da oxidação de gordura e de níveis de testosterona. Ao mesmo tempo acredito que indo por uma linha de controle energético, preferências com relação a bebida a ser utilizada, conseguimos estruturar uma dieta que não prejudique o emagrecimento do nosso paciente. Que tal num próximo artigo discutirmos sobre como ajustar isso?

Referência do artigo utilizado no texto: doi:10.3390/nu11040909

Nutricionista Fabricio Tabelião Degrandis

CRN: 9410p

Facebook: Fabricio Degrandis    

Instagram: @nutrifabriciodegrandis

Linkedin: Fabricio Degrandis

*O texto é de inteira responsabilidade do(a) autor(a) e não reflete a opinião da empresa. O blog é aberto caso outro(a) profissional queira escrever um contraponto.

Cadastre-se Grátis no DietboxPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta