Benefícios do iogurte

Definido como produto do leite qualhado por fermentação láctica, que consiste em digerir o açúcar do leite (a lactose), mediante a ação de Lactobacillus bulgáricus e Streptococcus thermophilus a partir dos leites pasteurizado, concentrado, integral, desnatado ou semidesnatado.

O processo de fermentação do iogurte tradicional ocorre dentro da própria embalagem; não sofre homogeneização e seu resultado é um produto firme, mais ou menos consistente e sabor azedo característico.

O Iogurte tem o valor nutricional superior ao do leite em relação à quantidade de proteínas, concentração de cálcio e melhor digestibilidade, já que no seu processamento a lactose é quebrada, facilitando a digestão de quem consome o produto.

Para quem está em busca de eliminar alguns quilos o iogurte desnatado é o mais indicado, pois reduz a concentração circulante de LDL (colesterol ruim), assim como o aumento da concentração de HDL (colesterol bom). Tudo isso se deve á presença fundamental do cálcio e das bactérias benéficas que atuam inibindo a absorção de gorduras e usando o colesterol como substrato para a conversão em ácidos biliares.

Parte deste colesterol deixa de ser absorvido e é eliminado pelo intestino (na ida ao banheiro). Existe a hipótese de que bactérias específicas na produção do iogurte são capazes de se ligar aos ácidos biliares e ao colesterol para auxiliar nesta eliminação.

O alto teor de proteínas contido no laticínio controla a fome e prolonga a saciedade, isso evita a procura por outros alimentos fora de hora.
ATENÇÃO: Antes de consumir não se deixe levar pela infinidade de sabores, mas busque a versão com menor teor de açúcares e gorduras, assim o iogurte não perde a sua principal função no processo de emagrecimento.

Poliana Alves Dias – CRN4 12100257

Nutricionista

Gostou desse conteúdo e quer saber mais? Busque por um profissional da área de Nutrição em sua cidade pelo link https://dietbox.me/pt-BR/Nutricionistas!

Deixe uma resposta