Cúrcuma e seus benefícios para a saúde

Pertencente à família das Zengiberaceae e originária da Índia, a cúrcuma considerada uma preciosa especiaria é uma espécie de raiz que possui em seus rizomas uma infinidade de benefícios a saúde. Usada pra fins condimentares e medicinais, possui um odor forte, agradável e levemente picante e amargo parecido com o do gengibre. Usada na culinária desde antigamente, pelas suas particularidades de flavorizantes, corante e como conservante também.

A parte da cúrcuma que utilizamos na culinária e na medicina é o rizoma é nele é que encontrada as substâncias culinárias e terapêuticas responsáveis por dar a essa raiz sua devida importância e valor de mercado. No rizoma encontramos os polifenóis naturais (atua na redução de radicais livres e diminui estresse oxidativo no organismo), óleos essências e compostos orgânicos responsáveis pelo aroma.

O princípio ativo responsável pelo potencial medicinal da cúrcuma é a cúrcumina. A cúrcumina possui propriedades anti-inflamatória, antioxidante, antidiabética, antitumoral, antiviral, antibacterianas, antiparasitária e antifúngica e com essa infinidade de propriedades ela age na prevenção e cura de diversas fisiopatologias como de diabetes, câncer, osteoartrite, Alzheimer, Parkinson, esclerose múltipla, psoríase, epilepsia, depressão e doenças pulmonares.

Por possuir interação com alguns medicamentos recomenda-se que o uso da Cúrcuma seja orientado por um profissional capacitado em fitoterapia para que assim se obtenha um melhor aproveitamento dos seus benefícios.

Bibliografia

MORETES, Débora Nogueira; GERON, Vera Lúcia Matias Gomes. os benefícios medicinais da Curcuma longa L.(açafrão da terra). Revista Científica da Faculdade de Educação e Meio Ambiente, v. 10, n. 1, p. 106-114, 2019. (http://www.faema.edu.br/revistas/index.php/Revista-FAEMA/article/view/767/767 )

OLIVEIRA, Taila Fernanda Volpato de. Características químicas e microbiológicas do açafrão-da-terra (Curcuma longa). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/10309/1/AP_COLIQ_2017_2_08.pdf

PERES, Anne Seliprandy; VARGAS, Eliza Garonci Alves; DE SOUZA, Vagner Rocha Simonin. Propriedades funcionais da cúrcuma na suplementação nutricional. Revista Interdisciplinar Pensamento Científico, v. 1, n. 2, 2015. (http://www.reinpec.org/reinpec/index.php/reinpec/article/view/90/53 )

CARNEIRO, Josiane Aparecida; MACEDO, Darla Silverio. Cúrcuma: principios ativos e seus benefícios para a saúde. RBONE-Revista Brasileira De Obesidade, Nutrição E Emagrecimento, v. 14, n. 87, p. 632-640, 2020. http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/1336/998

CECILIO FILHO, Arthur Bernardes et al. Cúrcuma: planta medicinal, condimentar e de outros usos potenciais. Ciência Rural, v. 30, n. 1, p. 171-177, 2000. CECILIO FILHO, Arthur Bernardes et al. Cúrcuma: planta medicinal, condimentar e de outros usos potenciais. Ciência Rural, v. 30, n. 1, p. 171-177, 2000. https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782000000100028

COLLINO, Luma. Curcumina: de especiaria à nutracêutico. 2014. https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/124230/000833289.pdf?sequence=1

Nutricionista: Reudianne Pamela Victor de Souza

CRN: CRN 1-17776

Facebook: @pamelasouza

Instagram: @nutri.pamela.souza

*O texto é de inteira responsabilidade do(a) autor(a) e não reflete a opinião da empresa. O blog é aberto caso outro(a) profissional queira escrever um contraponto.

Cadastre-se Grátis no Dietbox

Deixe uma resposta