Dieta cetogênica

Uma das estratégias mais conhecidas para o emagrecimento rápido é a redução no consumo de carboidrato. Dentro desse contexto, surgem algumas dietas da moda que visam reduzir ou excluir totalmente a quantidade diária de carboidratos. Como, por exemplos, arroz, macarrão, batata, frutas, entre outros. Em contrapartida, utiliza-se proteínas e gorduras como principais fontes energéticas.

Uma dessas dietas tão em voga é a Dieta Cetogênica. Ela é caracterizada por conter baixos níveis de carboidratos, proteínas moderadas e tradicionalmente, muita gordura. De modo geral, numa dieta normal, o recomendado é: 50% de carboidratos, 25% de proteínas e 25% de gorduras. Já na cetogênica, por outro lado, a recomendação é de 5% de carboidratos, 25% de proteínas e 70% de gorduras.

Essa dieta se caracteriza por levar o corpo ao estado de cetose. Em outras palavras, um estado metabólico em que o corpo para de utilizar glicose como fonte de energia. Então, passa a usar corpos cetônicos, que são moléculas derivadas da quebra de ácidos graxos. Em suma, o corpo passa a utilizar gordura como fonte de energia. 

O que pode ou não na dieta cetogênica

Alimentos permitidos: carnes em geral, ovos, queijos, creme de leite, nata, frutas com baixo teor de carboidrato, como abacate, coco e frutas vermelhas, oleaginosas, hortaliças variadas, preferencialmente folhas verdes, azeite de oliva, manteiga e óleo de coco, kefir de leite.

Alimentos proibidos: frutas com alto teor de carboidratos, tubérculos, cereais, como aveia, trigo, milho, cevada e arroz, leguminosas, legumes como, cenoura, abóbora, beterraba, doces, sucos, bolos, biscoitos e pães. 

Benefícios e cuidados nessa dieta

Entre os benefícios da dieta cetogênica podemos citar o emagrecimento de forma rápida, redução da resistência insulínica e melhora do perfil lipídico. Além disso, alguns estudos mostram eficácia nas funções neurológicas e na epilepsia refratária. Entretanto, é uma dieta que precisa de muita atenção e deve ser feita com o auxilio do nutricionista. Isso, principalmente para adequar a qualidade dos alimentos ingeridos para ter o resultado desejado. Também é importante ressaltar que se trata de uma dieta, com início, meio e fim. Ou seja, não é um estilo de vida para se manter a longo prazo. 

Por fim, é importante lembrar que perdas de peso rápidas demais podem ser mais suscetíveis ao efeito sanfona. Além disso, afetam o humor e dificultam a capacidade de concentração. 

Cadastre-se Grátis no DietboxPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta