Gestação

Durante a gestação as necessidades nutricionais aumentam para apoiar o crescimento e desenvolvimento do bebê bem como o metabolismo materno. Assim, as recomendações alimentares e nutricionais devem adaptar-se a cada mulher, considerando-se as diferenças individuais. Desta forma, recomenda-se adoção de um estilo de vida saudável, que deve iniciar-se mesmo antes da gestação, para otimizar a saúde da mãe e reduzir o risco de complicações e de algumas doenças para bebê.

O consumo de uma mistura equilibrada e saborosa de alimentos poderá não só mantê-la saudável durante a gestação, e abrir o caminho para um trabalho de parto mais fácil, mas também poderá ajudar a estabelecer os alicerces essenciais para o crescimento saudável do seu filho.

Proteínas: No segundo e terceiro trimestres as necessidades proteicas estão aumentadas. O aumento das necessidades deve-se ao contributo proteico para a formação da placenta, crescimento dos tecidos uterinos e desenvolvimento e crescimento do bebê. Fontes: Laticínios (leite, queijo, iogurte)  -Utilize as leguminosas verdes e secas: (feijão, grão de bico, favas, ervilhas, lentilhas) e fontes proteicas de origem animal (carne, frango, pescado e ovos).

Carboidratos: São as principais fonte de energia para a realização das funções do organismo, e é de elevada importância o seu consumo durante a gestação e fundamental para o desenvolvimento do bebê.  Por isso, é importante a ingestão diária e várias vezes ao dia. Fontes: Cereais e seus derivados (arroz e massa, farinha, pão, flocos de cereais) -Tubérculos (batata, inhame, etc.) – Leguminosas secas (feijão, grão de bico, ervilhas, etc.) e Frutas

Gorduras: A gordura de origem alimentar tem funções importantes no organismo enquanto grande fornecedora de energia, transporte de algumas vitaminas (A, D, E, K), proteção contra o frio, desenvolvimento do cérebro e visão. São boas fontes alimentares de gorduras: Fontes: Origem vegetal (azeite, óleos, margarina, frutos secos, alguns frutos tropicais como pera-abacate e coco) – Origem animal (manteiga, natas, gema de ovo, gordura de constituição das carnes e pescado).

Assim como a importância das vitaminas e minerais: Ácido fólico, ferro, iodo, zinco, magnésio, cálcio e vitamina D.

Hidratação: A hidratação adequada é essencial para uma gestação saudável, dado que a grávida acumula cerca de 6-9 L de água durante a gestação. A ingestão adequada de água durante a gravidez incluindo a ingestão de outras bebidas (como leite, sumos naturais e infusões) e de alimentos ricos em água (sopas, saladas e fruta) é de 3 L/dia. Isso inclui cerca de 10 copos.

Alimentos a evitar: Na gestação siga rigorosamente os cuidados de higiene com a alimentação e evite os alimentos não indicados para este período: carne, pescado e ovos mal cozidos, leite ou laticínios não pasteurizados e vegetais e frutas crus não higienizados.

Nutricionista Melisa Rodrigues do Nascimento

CRN 45902

Instagram Melisa rodrigues

E-mail: Nutrimelisa@gmail.com

Site: www.nutrialpha.com.br

Deixe uma resposta