Conheça o guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos

O Ministério da Saúde lançou recentemente, em novembro de 2019, o guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos.

Tal medida atende às orientações e diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS), que estabelece que os governos devem se preocupar com a alimentação de maneira efetiva, haja vista a necessidade de controlar a obesidade infantil, problema crescente entre as crianças.

Se você é pai ou mãe, educador ou tutor, ou profissional da área de saúde e nutrição, você precisa conhecer este guia. Continue a leitura e conheça as principais informações elencadas no guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos!

Entenda o que é o guia alimentar infantil

O guia alimentar para crianças, apesar de ter como público-alvo as menores de 2 anos, é um manual dirigido à família brasileira, visando beneficiar a todos com orientações fáceis de entender e seguir.

Apesar do foco do documento ser a alimentação saudável, o guia alimentar não se restringe a esse assunto e abrange questões como: dicas de culinária para famílias vegetarianas e orientações gerais para mais qualidade de vida e bem-estar para as crianças. Um exemplo disso são as dicas que estimulam as atividades físicas em detrimento do sedentarismo que a TV e os aparelhos de celulares estimulam.

Estamos falando de um guia muito completo, elaborado por vários profissionais e pesquisadores que agruparam em um documento de 270 páginas muito conhecimento e informações relevantes para a saúde das crianças.

Saiba como funciona o guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos

O guia alimentar tem por objetivo reforçar o direito humano à alimentação e esclarecer a importância de conceitos primordiais no desenvolvimento das crianças, como o aleitamento exclusivo até os 6 meses, por exemplo.

Como já mencionamos o guia alimentar, nessa nova versão, está mais voltado para orientar os pais e responsáveis do que para instruir os profissionais de saúde, embora, sem dúvida alguma, estes últimos devam se beneficiar das orientações que estão reunidas no manual.

Cadastre-se Grátis no DietboxPowered by Rock Convert

Conheça quais são os principais pontos apresentados no guia

Embora já tenhamos citado alguns dos tópicos abordados no guia alimentar, vale destacar alguns pontos dos 12 passos para uma alimentação saudável existente na nova versão do guia.

·        recomendação expressa para abolir o consumo de açúcar e alimentos processados da dieta das crianças até os 2 anos, pelo menos;

·        amamentação exclusiva até os 6 meses de idade;

·        a importância de incutir nas crianças a ideia de que a hora de se alimentar é um momento de afeto e aprendizado;

·        proteger a criança da publicidade de alimentos;

·        oferecer para a criança a mesma comida consumida pelos pais.

Aprenda a usar o guia alimentar para atender pais e crianças no consultório

Vale destacar que o nutricionista pode fundamentar o seu trabalho nesse guia e, dessa forma, auxiliar no atendimento de pais e crianças no combate à obesidade infantil, bem como em ações de prevenção e promoção da saúde e bem-estar da família de modo geral.

O guia pode funcionar como suporte para o trabalho do nutricionista justamente em razão de sua linguagem mais acessível e de fácil compreensão. Além disso, o material é online e pode ser baixado diretamente no celular.

Agora que você já sabe tudo o que é importante saber sobre o guia alimentar para crianças brasileiras menores de 2 anos, continue a leitura e veja qual a relação da nutrição com o transtorno do espectro do autismo.

Deixe uma resposta