Entenda qual a diferença entre receita e faturamento em seu consultório

Você sabe qual é a diferença entre receita e faturamento? Entender essa distinção é fundamental para poder manter o seu consultório em pleno funcionamento!

O dia a dia da administração de um consultório exige conhecimento aprofundado a respeito de uma série de termos que fazem parte dessa realidade. Entender receita e faturamento envolve diferenciar o que é fluxo de caixa e lucro líquido.

Avaliar esses indicadores é muito importante para uma gestão estratégica do seu consultório e saber se ele está tendo sucesso ou passando por dificuldades. Basear-se em dados reais é essencial para ter uma base sólida em suas conclusões. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

Qual a diferença entre receita, faturamento e lucro?

O faturamento do seu consultório é quanto dinheiro entrou nele durante determinado período. Esse valor corresponde à sua capacidade de faturar, ou seja, o quanto obtém com o pagamento de consultas e demais vias de entrada de renda. Quando falamos em faturamento, ainda não foram considerados impostos.

O termo receita pode confundir bastante com faturamento, até porque a receita bruta do seu consultório é o seu faturamento. No entanto, quando falamos em receita líquida, aí significa o valor que você conquistou após descontados todos os impostos do funcionamento do seu consultório.

Dessa forma, é possível facilitar o raciocínio ao sempre pensar em termos de receita. A receita bruta é o seu faturamento e a receita líquida representa o que sobrou dos seus ganhos após os impostos.

Existe ainda o termo lucro líquido. Ele representa o valor da sua receita líquida que sobrou após todos os gastos que você tem com o funcionamento do seu consultório, como contas, salários de funcionários, entre outros.

Como avaliar receita, faturamento e lucro do consultório?

Na gestão financeira do consultório, você precisa enxergar o que cada um desses indicadores significa para a saúde do funcionamento dele. Receita, faturamento e lucro precisam ser avaliados mensalmente e anualmente para que as suas contas fiquem sempre em dia.

O faturamento é um indicador importante, porque mostra o crescimento real do seu consultório. Esse é um sinal que atesta a sua capacidade de atrair receita, por mais que ainda não represente lucro diretamente.

Se muito do seu faturamento é comprometido com gastos e impostos, isso resulta em uma receita líquida diminuída. Tal cenário pode significar um sinal de alerta que talvez exija uma maior atenção para encontrar formas de minimizar os gastos e, assim, aproveitar mais dos seus ganhos.

Além disso, a evolução do seu consultório depende bastante da sua capacidade de obter lucro líquido. É a partir desse valor que será possível investir em novas soluções, funcionários e demais possibilidades.

Como otimizar todo esse processo?

Agora que você já sabe a diferença entre receita e faturamento e a importância disso para a saúde das contas do seu consultório, o próximo passo envolve automatizar esses esforços para aprimorar a sua produtividade.

Felizmente, existem softwares de gestão que são capazes de ajudar no controle das suas finanças. Eles oferecem o acompanhamento que você precisa de receita, faturamento e lucro líquido para que você possa tomar as decisões certas a respeito do seu consultório.

Contar com informações precisas e confiáveis ao tratar de receita e faturamento é essencial para o bom funcionamento do seu consultório. A compreensão a respeito do que cada um desses termos significa é a base de tudo, mas você também precisa da ajuda de um software de gestão que seja pensado para as necessidades do seu meio.

Conheça o Dietbox, que traz uma série de soluções para otimizar os processos do seu consultório e fidelizar os seus pacientes. Acesse o site e experimente grátis!

Cadastre-se Grátis no Dietbox

Deixe uma resposta