Nutrição Esportiva: conheça mais sobre essa carreira

O nutricionista é o profissional responsável pela alimentação humana. Ele é capaz de atuar em diversas áreas dentro desse contexto, sendo elas: nutrição esportiva, clínica e coletiva.

É crescente o número de pessoas interessadas no mundo fitness, que visa saúde e bem-estar por meio dos exercícios físicos e da alimentação.

Elas estão cada vez mais conscientes de que ter um plano alimentar adequado quando se pratica atividades físicas é imprescindível para melhorar seu desempenho.

Sendo assim, o nutricionista esportivo tem ganhado mais visibilidade e a procura pelos seus serviços têm aumentado proporcionalmente.

Neste post vamos falar sobre a importância da nutrição esportiva e como o nutricionista dessa área atua. Confira!

O que é a Nutrição Esportiva?

A nutrição esportiva é a área que estuda a relação entre os nutrientes e o desempenho no desporto.

Tem como objetivo melhorar o rendimento e recuperação do indivíduo (atleta ou não) nas atividades físicas por intermédio da alimentação.

Qual é a sua importância?

Um plano alimentar para um praticante regular de atividade física deve ser diferenciado, levando em consideração o tipo e a duração do exercício ou esporte.

Dessa forma, o nutricionista geral não consegue atender perfeitamente esse grupo de pessoas, pois é preciso um grande conhecimento sobre a fisiologia do exercício para entender o funcionamento do organismo na prática esportiva para, então, adequar a alimentação.

Como atua um nutricionista esportivo?

Por muito tempo o nutricionista esportivo era procurado, basicamente, por atletas de alto desempenho, como competidores e jogadores das mais diversas modalidades desportivas.

Cadastre-se Grátis no DietboxPowered by Rock Convert

No entanto, a atuação desse profissional cresceu devido ao aumento do interesse das pessoas em ter um corpo saudável e bonito e, por isso, elas dão mais atenção à alimentação para potencializar os efeitos dos exercícios.

Ele prescreve o plano alimentar com as quantidades de macro e micronutrientes adequadas de acordo com o tipo de atividade praticada pelo indivíduo, considerando os horários e a duração dos treinos para garantir o aporte de energia e também de proteínas para a recuperação muscular, evitando a perda de massa magra.

Para melhorar a atuação dos atletas nas competições, o nutricionista vai modificar a alimentação conforme a necessidade para alcançar o objetivo proposto em cada evento.

O nutricionista esportivo também é responsável por indicar suplementos alimentares para melhorar o rendimento físico, caso sejam necessários.

Ele pode atuar em clubes, academias, consultório ou, até mesmo, como personal diet — atendendo pessoalmente na casa dos clientes.

O que é preciso para ser um?

Para ser um nutricionista esportivo, é necessário ser graduado em Nutrição com especialização em Nutrição Esportiva.

O curso de especialização em Nutrição Esportiva tem duração por volta de 18 meses e envolve disciplinas como: fisiologia, bioquímica, avaliação nutricional voltada ao esporte, farmacologia, patologia, suplementação, métodos de treinamentos esportivos, entre outros.

Além disso, é importante ter afinidade e interesse pelas novidades da área. A cada dia, mais estudos são realizados sobre o tema e se manter atualizado é um diferencial para se destacar no mercado.

Como vimos, a nutrição esportiva deixou de ser restrita aos atletas e passou a ser popularizada entre os praticantes de diversas atividades físicas como modo de melhorar o desempenho e potencializar os resultados.

Que tal aproveitar que está por aqui e ler o nosso post sobre Áreas de atuação do nutricionista: 7 para escolher?

Deixe uma resposta