Os benefícios da quinoa para sua saúde

A Quinoa é uma semente nativa da Cordilheira dos Andes que está se tornando cada vez mais presente na alimentação brasileira em razão dos seus benefícios à saúde e também valor nutricional. É isenta de glúten, rica em fibras, possui alto teor proteico e também de lisina, vitaminas do complexo B e minerais, como magnésio, zinco, cobre, ferro, manganês e potássio.

Apesar da sua forma mais natural ser encontrada em sementes ou grãos, a quinoa pode ser consumida também como farinha ou em flocos/farelo. Por ser rica em fibras, ela auxiliará a regular o trânsito intestinal, além de conferir mais saciedade. Também por possuir um teor proteico elevado, pode ser consumida como um complemento de proteínas no prato de vegetarianos ou para quem está buscando a redução do consumo de carne.

Em 45g do grão gru (o equivalente a ¼ de xícara de chá), encontramos 29g de carboidratos, 6,3g de proteínas e 3,1g de fibras. 

Alguns dos benefícios da quinoa:

  • Redução do colesterol – por conter fibras e ácidos graxos ômega 3 e 6, ela auxilia a regular os triglicérides. Vale lembrar que a boa alimentação em um contexto geral irá potencializar essa ação.
  • Alternativa para diabéticos – por possuir baixo índice glicêmico e ser fonte de fibras, a Quinoa não irá causar picos glicêmicos, ajudando a regular os níveis de glicose no organismo.
  • Alternativa para celíacos – a Quinoa é uma semente isenta de glúten, logo, pode ser consumida sem medo por quem possui a doença.
  • Auxilia o trânsito intestinal – suas fibras ajudam a aumentar o bolo fecal, além de acelerarem sua eliminação.
  • Fortalece o organismo – além de ser fonte de vitaminas que aumentam nossa imunidade, ela ainda é rica em aminoácidos essenciais (como valina, leucina e isoleucina), ajudando na formação e manutenção muscular.

Como incluir quinoa na alimentação

Agora, basta saber como incluí-la no dia-a-dia! Seguem abaixo algumas opções de como incluir a semente na sua alimentação:

– Cozida, para substituir o arroz;

– Em bolos e biscoitos (farinha) como substituta da farinha de trigo convencional;

– Em batidas de fruta para conferir mais proteína e saciedade;

– Polvilhada por cima de frutas;

– No iogurte;

– Em saladas.

Quer mais dicas sobre alimentação saudável? Então siga a Dietbox no Instagram!

Cadastre-se Grátis no DietboxPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta