Personal branding para nutricionistas: 5 dicas para criar uma marca pessoal

A disputa acirrada de mercado exige que os profissionais de nutrição invistam em estratégias para um melhor posicionamento de sua marca no ramo. Por isso, apostar em uma marca pessoal (personal branding) é fundamental para seu sucesso.

Isso é relevante para estabelecer como você deseja mostrar seu trabalho para o mundo. Desenvolver uma imagem forte e fixá-la na memória das pessoas faz com que o público sempre lembre de você quando necessitar dos serviços de um nutricionista.

Quer saber como criar sua marca pessoal? Então, acompanhe este post que está repleto de dicas importantes sobre o assunto e torne-se um profissional visível no mercado.

1. Defina o objetivo

Em primeiro lugar, é necessário que você reconheça o principal objetivo que o leva a querer criar uma marca pessoal. Identifique quais são seus pontos positivos e o que o faz ser um bom profissional.

Identifique sua especialidade e demonstre como deseja ser reconhecido. Por exemplo, você pode focar a área esportiva, veganismo, funcional, nutrição clínica etc. Perceba qual é seu ramo e atrele essa característica à sua identidade profissional.

2. Produza conteúdos para as redes sociais

As redes sociais são umas das maneiras mais práticas de promover um relacionamento e conectividade entre pessoas. Elas podem atingir em segundos uma gama de indivíduos. Por isso, desenvolver conteúdos capazes de atrair os olhares de adeptos à nutrição de qualidade é fundamental. Dessa forma, as pessoas conhecerão seu trabalho e reconhecerão sua marca por meio dos conteúdos exclusivos desenvolvidos por você.

Verifique o tipo de rede social que mais se enquadra ao seu perfil profissional — por exemplo, Facebook, LinkedIn e Instagram — e a alimente sempre que puder com trabalhos consistentes. É muito importante criar uma frequência de postagens para não cair no esquecimento e não deixar sua página às moscas.

3. Aperfeiçoe suas habilidades

Para criar uma marca pessoal consistente relacionada ao seu ramo profissional, é fundamental manter-se atualizado constantemente. Isso é imprescindível para mostrar ao mercado que é realmente um especialista em determinado assunto.

Faça muita pesquisa sobre um tipo de assunto e compartilhe com seu público nas redes sociais, participe de cursos de aperfeiçoamento, inscreva-se para receber revistas científicas, busque por webinars com temas de seu interesse e também de seu público etc.

4. Desenvolva um networking com outros profissionais da área

Uma marca não se constrói sozinha. Por isso, você precisa se conectar com todos os que fazem parte de seu nicho como os outros profissionais de nutrição. Participe de congressos, esteja presente em associações, conselhos ou sindicatos da área, entre outros. Mantenha contato com os profissionais do ramo, pois isso ajuda na troca de experiências e fixa sua marca no mercado nutricional.

5. Fique atento às suas atitudes

Suas atitudes demonstram muito sobre quem você é. Se quiser criar uma marca consistente e respeitada, deve ter cautela em demonstrar seu posicionamento. Seja cortês, humano e auxilie seu público. Valorize sua imagem, pois, tudo que faz gera experiências e percepções diversas a todos que o circundam.

Construir uma marca pessoal consistente pode fazer de você um profissional de sucesso. Invista em um bom personal branding com essas dicas que acabou de conhecer e logo notará resultados surpreendentes.

Gostou de saber como criar uma marca pessoal? Aproveite sua visita em nossa página e conheça também sobre como saber se o seu atendimento de nutrição é bom.

Cadastre-se Grátis no DietboxPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta