7 dicas de como se manter firme na dieta

Cada vez mais, as pessoas estão conscientes sobre a importância de uma alimentação balanceada e adquirir hábitos de vidas mais saudáveis. Porém, manter esse novo estilo de vida pode ser mais difícil do que parece. Para te ajudar nessa missão, elencamos algumas dicas de como se manter firme na dieta. 

Dicas de como se manter firme na dieta

1. Saúde em primeiro lugar

O ponto mais importante ao tentar construir novos hábitos alimentares deve ser sempre a saúde. Mais do que mudanças estéticas, foque sempre na qualidade de vida e nos ganhos em saúde. Assim, a pressão para atingir determinados objetivos se transforma em algo positivo: cuidar do seu corpo para que ele funcione bem e possa te proporcionar energia e bem-estar para fazer tudo que você ama e te deixa feliz. 

Mais do que contar calorias, inserir ou cortar determinados itens da sua dieta, pense na sua alimentação como um todo. É justamente a somatória e o equilíbrio da sua nutrição ao longo do tempo que vai te levar a bons resultados, e não itens isolados no seu prato. 

2. Seja realista e respeite seu corpo

Mirar em objetivos impossíveis só pode acabar em frustração. Por isso, não se compare: afinal de contas, muitas vezes o corpo dos sonhos do influencer digital que você segue pode simplesmente não existir na realidade, e sim ser um resultado de muitos procedimentos estéticos, truque de ângulos e até mesmo manipulação de imagem. Além disso, cada pessoa tem uma estrutura corporal e organismos diferentes. Respeite o seu corpo e pense sempre em ser a melhor versão de si mesmo! Esse é o melhor para a sua saúde física e mental. 

3. Evite as posturas e mudanças radicais

Quando falamos em como se manter firme na dieta, este é um dos passos mais importantes. Uma alimentação muito restritiva dificilmente será mantida a longo prazo. Por isso, se você busca resultados duradouros, faça mudanças graduais.  E lembre-se: dentro de uma alimentação saudável há espaço para todos os alimentos. Obviamente, alguns devem ser consumidos com maior frequência, outros somente de vez em quando. Mas uma reeducação alimentar significa fazer as pazes com a comida, e não viver com medo dela. Por isso, para manter o foco na dieta, tenha como base alimentos saudáveis que você já gosta e evite radicalismos.

4. Estabeleça metas a médio e curto prazo para sua dieta

Transformar sua relação com a comida não vai acontecer da noite por dia. E para chegar no seu resultado final, você precisará passar por muitas mudanças, certos? Afinal, se trata de um processo de constante evolução. Então, para que o objetivo pareça mais próximo e você continue se sentindo motivado durante todo o caminho, que tal estabelecer metas de médio e curto prazo? Pode ser desde começar a caminhar 40 minutos por dia, eliminar 2kg por mês, por exemplo, ou inserir um vegetal novo ao cardápio por semana. Cada pequeno passo atingido te deixará mais confiante para buscar o próximo! 

5. Faça um diário alimentar

Às vezes a gente come tudo direitinho, mas não consegue entender porque os resultados não aparecem nos exames, espelho ou balança. Acontece que, em muitos casos, escapamos do plano alimentar e nem nos damos conta — seja naquela sobremesa a mais, porção maior do que a recomendada ou até um drink no final de semana. Por isso, o diário alimentar é tão importante! Com essa ferramenta, você pode registrar tudo que come e perceber onde está errando, onde está acertando, o que pode ser melhorado e os gatilhos que te levam às escapadinhas. 

6. Escorregar faz parte

Ok, você notou no seu diário que começou a escorregar na dieta. É super normal não conseguir se adequar completamente à nova rotina — isso requer tempo. O importante é não tornar isso algo frequente e não desanimar e jogar para tudo para o alto. Exagerou? Sem problemas! Não pule refeições nem torne isso uma desculpa para exageros maiores. Retorne à dieta na refeição seguinte e se esforce para não acontecer novamente, sem culpa ou sofrimento.

7. Conte com a ajuda de um nutricionista

Por último, mas não menos importante: ter a ajuda de um profissional gabaritado faz toda a diferença. É o nutricionista que irá avaliar seus dados antropométricos e suas necessidades nutricionais para montar um plano alimentar adequado ao seus objetivos e hábitos, mantendo sua saúde como prioridade. Por isso, se você busca uma mudança saudável e duradoura, o nutricionista é seu melhor amigo. Além de elaborar sua dieta, esse profissional te ajudará no acompanhamento, tirando dúvidas e te mantendo sempre motivado! 

Se você está procurando um nutricionista de confiança para te ajudar a se manter firme na dieta, então use a Busca por Nutricionistas do Dietbox e agende seu atendimento online! 

Para mais dicas de como engajar seu paciente no plano alimentar, veja o vídeo da nutricionista Luiza Ferracini:

Cadastre-se Grátis no Dietbox

Deixe uma resposta