Comportamento alimentar e gamificação: dicas de um livro cheio de sugestões

No dia a dia do atendimento clínico, o nutricionista se vê em meio de alguns desafios. Primeiramente, nos preocupamos com o local físico de atendimento, no acolhimento ao paciente, no seu bem-estar, nas ações pré-consulta/ durante e após a consulta, avaliações clínica e física, diagnóstico nutricional, discutição do panorama de tratamento, confecção ou ajuste do plano alimentar, elaboração de metas, motivação, esclarecimento de dúvidas… Isso sem contar no estudo teórico necessário para nos mantermos sempre atualizados com base na visão científica. Muitos ainda lidam com a gestão administrativa do consultório/clínica (secretária, precificação de consulta, marketing, por exemplo). Respira um pouco e dá sequência a um novo atendimento, com o mesmo zelo e atenção dada ao paciente anterior. São tantos detalhes e informações técnicas que temos que nos ater que talvez você já tenha se visto sem ideias leves e criativas para trabalhar com o paciente.

Livro: #Nutrição fora da caixa

Isso acontece comigo também! Para me auxiliar arrisquei uma compra (não conhecia indicação de nenhum outro profissional). Confesso que inicialmente fiz sem pretensão, e escolhi um livrinho chamado “#Nutrição foradacaixa”, das autoras Débora Sasdelli e Marcia Daskal. E digo livrinho – no diminutivo – com muito carinho pois ele é, fisicamente, pequeno! Como me surpreendi com seu conteúdo – em todos os aspectos! O formato é atrativo e familiar, pois se parece com um baralho, as “cartas” são plastificadas, coloridas e é fácil de manusear.

Além disso, cada desafio está disposto em uma única carta (são 52 cartas no total!). Portanto, você pode escolher e utilizar a carta que mais se aplica ao seu paciente, uma por vez. Essa dinâmica também auxilia o nutri a atribuir a quantidade certa de metas e desafios (evitando o excesso de informação ao paciente). Assim, provavelmente aumentará a adesão à meta combinada, possibilitando mudança efetiva.

Nele, estão contempladas dicas práticas, que englobam ações que vão do autoconhecimento ao aumento da percepção de si mesmo com a comida. Assim, os desafios propostos abarcam diversas áreas da Nutrição Clínica e podem ser destinados para os pacientes em todas as fases do ciclo da vida. Além disso, há diversas maneiras de jogar! Os nutris podem usar com os seus pacientes, na forma de desafios diários, semanais, quinzenais, mensais ou até mesmo nos intervalos entre as consultas. Os pacientes podem conversar com seus nutricionistas e traçar juntos algumas metas. Uma outra sugestão é até de presentear seu paciente com esse livrinho para que ele jogue sozinho. Fomentando um momento de reflexão e, claro, pode ser jogado também com a família! 

Então, vale a pena a leitura?

Com o livrinho também tive novos insights de como mesclar os desafios propostos nele juntamente com o plano alimentar prescrito. Incrível, pois ao ler as cartas, vinha em minha mente a lembrança de um determinado paciente. Ou seja, como se a carta/ desafio tivesse sido escolhido – especificamente – para ele.

De qualquer maneira, são diversas possibilidades e todas caminhando para um objetivo em comum: a busca de uma alimentação saudável, mais intuitiva e prazerosa. Isso, através de uma ferramenta leve, democrática, didática, gostosa de jogar, com foco na empatia e sensibilidade – tendo o paciente/ cliente como centro do processo de mudança alimentar.  

Gabriela Avila – CRN 1- 5018

Facebook: https://www.facebook.com/nutrigabiavila

Instagram: @nutrigabiavila

Site: https://www.nutrigabiavila.com/

*O texto é de inteira responsabilidade do(a) autor(a) e não reflete a opinião da empresa. O blog é aberto caso outro(a) profissional queira escrever um contraponto.

Cadastre-se Grátis no DietboxPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta