Saiba como garantir a privacidade de dados dos seus pacientes

Quando pensamos no âmbito da saúde, a coleta das informações dos pacientes é essencial para o bom exercício da atividade. Da mesma forma, garantir a privacidade de dados pessoais é imprescindível para assegurar proteção e tranquilidade durante e após a consulta, até mesmo na hora do compartilhamento.

Com as constantes transformações digitais e a grande quantidade de dados que circulam diariamente pelas redes, as empresas precisam ficar de olho nas legislações específicas quando o assunto é proteção e privacidade dessas informações. Com a vigência da GDPR na Europa, outros países — inclusive o Brasil — entenderam a necessidade de repensar a forma como empresas públicas e privadas tratam os dados e informações recebidas em sua atuação, especialmente na área da saúde.

Acompanhe nosso post de hoje para entender como garantir a privacidade e segurança que seus pacientes precisam!

Privacidade de dados é diferente de segurança

A constante atualização da tecnologia em prol dos negócios é um fato cada vez mais real. Dentro do seu consultório de nutrição, isso não pode ser diferente. É preciso ficar de olho nas legislações e assegurar que todos os dados de seus pacientes estejam 100% seguros e protegidos.

Segurança de dados e privacidade têm abordagens distintas. A primeira está muito mais focada em proteger as informações de seus pacientes de possíveis ataques e violações cibernéticas. Já a segunda está relacionada em como é feita a coleta, o compartilhamento e a utilização dessas informações no consultório.

É preciso entender que a privacidade de dados é um direito do indivíduo, e com as imposições da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), ela garante que nenhum tipo de abordagem inadequada aconteça e os dados não sejam vazados para terceiros.

Entenda a LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/18) entrou em vigor em agosto de 2020, regulamentando toda a política de proteção de dados privados e pessoais. Essa normativa transformou a maneira como as empresas e órgãos públicos tratam a privacidade e segurança das informações de usuários e clientes.

A lei regula todas as atividades de tratamento dos dados privados e pessoais, alterando os artigos 7º e 16 do Marco Civil da Internet. Também estabeleceu as definições e nomenclaturas padrões para os processos de captação de dados pessoais por empresas.

Dessa forma, ficam estabelecidas as maneiras de tratamento e responsabilidade no âmbito jurídico, inclusive nos meios digitais. Isso garante a proteção fundamental dos direitos de liberdade e privacidade de todos os clientes.

Como garantir a privacidade de dados de seus pacientes

Todas as empresas precisam se adequar a essa normativa, garantindo que os dados pessoais de seus clientes não caiam em mãos erradas, assegurando a confiança e privacidade de cada um deles. Além disso, essa lei prevê multas bastante altas para as organizações que descumprem as normas. O valor pode chegar a 5% do faturamento bruto de determinada empresa.

Para se blindar desse tipo de situação, seu consultório de nutrição precisa, desde já, contar com serviços tecnológicos adequados, garantindo de fato a segurança dos dados de todos os clientes.

Investir em um software que tenha integração com todas as informações da sua clínica é uma excelente escolha. Dessa forma, você como profissional pode assegurar a privacidade de dados, além de garantir muito mais confiança e tranquilidade para os pacientes.

Entre em contato com o Dietbox e entenda como essa solução pode trazer as melhores vantagens para você, seu consultório e seus clientes, garantindo privacidade em todas as etapas!

Cadastre-se Grátis no Dietbox

Deixe uma resposta