O que é Nutrição Comportamental

Você sabe o que é Nutrição comportamental? Nos dias atuais, é indiscutível como assuntos relacionados à Nutrição, de uma maneira ou de outra, estão onipresentes em todos os veículos de informações.

Pautas relacionadas à imagem corporal perfeita, à dieta da moda, aos alimentos milagrosos são as mais acessadas e isso influencia diretamente na relação entre as pessoas e a comida, colocando, muitas vezes, o alimento como um grande inimigo.

A Nutrição comportamental (NC) vem com uma proposta de mudar essa relação, fazendo com que as pessoas sintam prazer, e não culpa, em comer. No artigo de hoje, você vai descobrir mais detalhes sobre esse conceito, seus benefícios e como é possível aplicar no dia a dia. Confira!

O que é a Nutrição comportamental

Por muitos anos, a Nutrição se limitava apenas a categorizar os alimentos por seu valor nutricional, resumindo a busca por perda ou ganho de peso exclusivamente à redução alimentar.

A Nutrição comportamental surge, então, com o conceito de mudar o comportamento do paciente em relação à comida, considerando aspectos emocionais, fisiológicos e sociais da alimentação.

Saiba mais sobre Nutrição Comportamental em um artigo especial que preparamos para você. Acesse o conteúdo aqui. 

Muitos pacientes fracassam em programas de reeducação alimentar, pois, não entendem que o problema se encontra no significado que a comida tem para cada um. Quando doces e salgados se transformam em uma válvula de escape, é preciso modificar esse relacionamento antes de pensar em mudar hábitos.

Como ela funciona

A mudança do comportamento alimentar envolve estratégias de aconselhamento nutricional, técnicas do comer intuitivo, terapia cognitivo-comportamental, entrevista motivacional e táticas para comer com atenção plena.

Ou seja, a Nutrição comportamental tem como foco o indivíduo e a sua relação com a comida, contribuindo para que a pessoa assuma o controle sobre a saciedade e, dessa forma, passe a se alimentar de forma consciente.

A importância e os benefícios da nutrição comportamental

A NC é uma prática individualizada, onde o foco não é ter uma visão prescritiva, mas sim um método aconselhador. Entender como o paciente pensa, age e reage, é peça fundamental para obter sucesso durante o acompanhamento nutricional.

Ajudar o indivíduo a estabelecer um vínculo saudável com a sua alimentação, por meio do entendimento do próprio corpo e das suas necessidades, facilita com que os objetivos relacionados à reeducação alimentar sejam atingidos, até mesmo, por aqueles que tem mais dificuldade em seguir cardápios ou uma rotina alimentar diferenciada.

Entre os vários benefícios dessa prática, podemos citar:

  • mudança definitiva de hábitos: ao entender a sua relação com a comida, novos costumes são criados e facilmente adotados já que parte do seu interior;
  • diminuição do efeito sanfona: a consequência da mudança definitiva de hábitos é a redução do efeito sanfona, pois, ao entender como seu corpo e suas emoções reagem à alimentação e vice-versa, o paciente se torna capaz de manter o peso;
  • aumento do prazer em comer: a comida deixa de ser uma válvula de escape ou motivo de culpa. Logo, a alimentação saudável e balanceada se transforma em uma atividade natural e prazerosa.

Particularidades da Nutrição comportamental

Uma consulta convencional para dietas de perda ou ganho de peso é realizada de maneira tradicional, com um nutricionista.

No entanto, a NC busca atuar como uma sessão de terapia que resulte em um atendimento personalizado. Ao mesmo tempo, que envolve a reeducação alimentar, também aborda traumas, medos e o nível de ansiedade relacionado a comida.

Sendo assim, o paciente não sai com uma dieta prescrita, mas com um planejamento da sua alimentação onde o peso não é foco, apenas uma consequência.

Nutrição comportamental na prática

A prática da Nutrição comportamental em clínicas e por profissionais da área acontece por meio do entendimento das relações envolvidas com a alimentação, e não no controle restrito das calorias.

O paciente deixa de se manter focado nos alimentos em si, para entender a influência dos hábitos da alimentação no seu corpo: o lugar onde se come, quando, na companhia de quem, por qual motivo e as suas principais dificuldades em relação à comida.

Quando o profissional encontra um indivíduo com muita resistência a aderir a um cardápio ou uma dieta específica, é necessário investigar a origem desse problema. É aí que se encontra a atuação da NC: buscar onde essas questões estão enraizadas.

Você pôde perceber o que é Nutrição comportamental: uma prática que envolve estímulo, autoconhecimento e compreensão. Uma orientação fundamentada em estratégias de aconselhamento nutricional que trabalham a mudança de comportamento, podem possibilitar uma nova e saudável relação com a comida.

Veja no nosso Canal no Youtube o Webinar com a nossa nutricionista Luiza Ferracini sobre como as ferramentas e a tecnologia podem auxiliar os profissionais da Nutrição

Se gostou do nosso post sobre o que é nutrição comportamental, que tal entender a importância de acompanhar pacientes que não têm uma percepção equivocada da alimentação? Boa leitura!

Nenhum pensamento

Deixe uma resposta